quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Grêmio elimina o Corinthians nos pênaltis

Foram dois jogos fechados, com pouca criatividade das duas equipes e tudo aconteceu como o esperado: decisão nos pênaltis.

Voltando ao jogo, o Corinthians não mostrou o mesmo empenho que teve contra o Criciúma. No segundo tempo esboçou uma reação, com jogadas individuais de Sheik e Edenilson. Danilo entrou muito mal no lugar de Douglas, que pouco pegou na bola. Essa tentativa de mudar o rumo do jogo foi pausada assim que Emerson Sheik e Vargas, até ali os jogadores mais ofensivos de cada equipe, foram expulsos por se estranharem após um carrinho, com isso o jogo voltou ao normal.

O Grêmio teve com Vargas duas chances de definir o jogo. Uma no primeiro e outra no segundo tempo. Ele demonstrou a tradicional falta de capricho dos chilenos na frente do gol.

Fim de jogo e pênaltis:

Grêmio começou mal, com Barcos desperdiçando sua cobrança.
Danilo bateu e também perdeu para o Corinthians.
Alex Telles bateu e perdeu mais uma para os gaúchos
Corinthians foi com Romarinho e marcou.
Grêmio bateu com Pará e fez, com muita sorte após desvio de Walter.
Edenilson bateu e perdeu mais uma para o Timão.
Elano bateu e fez para o Grêmio.
Alessandro chutou e Dida defendeu.
Kleber bateu bem e fez.
Pato tentou fazer bonito e perdeu, classificando a equipe gremista, que enfrentará o Atlético-PR na semifinal da Copa do Brasil.