quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Insegurança nos Estádios

Há algum tempo venho reparando essa triste mudança no cenário dos estádios brasileiros, antes antigos, porém com maior público, agora modernos (todos novos ou reformados) e vazios. Por que será? Eu “suponho” que seja por essa tentativa de elitização do futebol, sem muito planejamento prévio, isso causou uma debandada da maior parte dos torcedores que não tem condições de arcar com os custos para um jogo do seu time de coração. Como oferecer entretenimento a um custo alto, sem garantir a segurança destes que estão pagando?

Qual foi a reação dos clubes ao perceber que os estádios estavam vazios? Criar programas de Sócio-Torcedor o mais rápido possível e tornar essa a única alternativa para que uma pessoa de classe média continue a frequentar estádios.  Pensando no lado do marketing, essa tentativa de fidelização do torcedor é interessante como fonte de renda e também por questões de segurança (para saber quem está indo aos estádios), mas ainda é insuficiente para dizer que podemos ir e vir com tranquilidade.

Por falar em segurança, aí está outra questão. Imaginem que um pai queira levar seu filho para assistir uma partida de futebol pela primeira vez. Provavelmente ele escolherá um jogo com menor possibilidade de brigas entre torcidas. Ao chegar nas proximidades do estádio ele tem de decidir aonde estacionar o carro. O normal e mais seguro seria deixá-lo em algum estacionamento, porém isso custará no mínimo R$ 50,00 (Um roubo!). O pai faz as contas e percebe que não conseguirá pagar o estacionamento e as entradas para a partida e opta por deixá-lo na rua, para algum guardador (vulgo flanelinha) “cuidar”. Se esse carro não tiver seguro, provavelmente não conseguirá assistir tranquilamente ao jogo do time de coração e o que seria um prazer acaba tornando-se uma preocupação.

Acredito que não há formas de resolvermos estes problemas no curto prazo, pois envolve críticas questões de segurança pública. Espero realmente um dia poder assistir a um jogo sem alambrado, segurança reforçada, bala de borracha, spray de pimenta e todo esse degradante cenário atual. Se esse dia chegar, pode ter certeza de que o Brasil evoluiu muito em todos os aspectos.