quinta-feira, 31 de outubro de 2013

São Paulo sofre, mas vence o Nacional

O jogo de ontem tinha tudo para ser tranquilo par ao tricolor, mas como virou costume, o São Paulo faz muitos gols e também toma muitos gols com falhas grosseiras do sistema defensivo. As falhas de ontem não foram suficientes para alterar a vitória, mas dessa vez foi por pouco.

Tudo começou em um belo chute de longe de Jadson, que entrou no ângulo. Golaço!

Dessa vez a falha começou com Rogério Ceni, que passou na fogueira e o tricolor perdeu a bola e cedeu o empate ainda no primeiro tempo.

No segundo tempo, o zagueiro (Antônio Carlos) que participou dessa novela como herói-vilão, marcou o segundo do SPFC. E foi Antônio Carlos que ajudou o Nacional de Medellín empatar o jogo, desviando uma bola de cabeça que foi um lançamento para o atacante colombiano. Jogo televisionado e um zagueiro inspirado: tudo isso fez com que ele marcasse o gol da vitória aos 45 minutos do 2º (placar final: 3 a 2).

O torcedor são-paulino deve estar feliz, porém com certo medo dessa defesa, que mostra grande instabilidade de falta de entrosamento. O ataque está muito eficiente, consegue fazer gols sempre que necessário. Mesmo não jogando bem ontem, conseguiu a vitória graças ao poder ofensivo da equipe.

Creio que o Nacional não consiga reverter esse placar e pensando nos possíveis adversários, alguns tem cara de Libertadores: Vélez, River Plate, Lanús e Libertad.


(Foto: Marcos Ribolli)